ÁREA DO ALUNO

Publicações

Monografias


27 de março de 2018

UMA ALTERNATIVA DE TRATAMENTO DA AGENESIA DENTÁRIA DOS INCISIVOS LATERAIS SUPERIORES: UM RELATO DE CASO CLÍNICO.

Por Edilermando Soares do Nascimento

Este trabalho monográfico tem como finalidade realizar uma revisão de literatura para esclarecer algumas questões relativas à agenesia dentária. Os fatores envolvidos na etiologia da agenesia, baseiam-se na hipótese da mutação filogenética, seguido da histogênese, assim como de fatores que envolvem a obstrução física, rompimento da lâmina dentária, limitação de espaço, anormalidade funcionais do epitélio dentário e fatores genéticos e ambientais. Há certa discordância entre os autores quanto à incidência do dente mais ausente, salvo o terceiro molar, seguidos dos incisivos laterais superiores ou segundo pré-molares inferiores. As agenesias que envolvem os primeiros e os segundos molares são raras. Também procurou entender a epidemiologia, o diagnóstico, as consequências, bem como as opções de tratamento indicadas por diferentes autores com relação à anomalia em estudo. Foi realizado o tratamento de um caso específico de uma paciente jovem do sexo feminino de13 anos e 07 meses de idade na Clínica Integrada de Odontologia, através da FACSET curso de pós-graduação em Ortodontia, unidade Vitória da Conquista, Bahia. Ao exame clínico, a paciente foi diagnosticada com dente 12 conóide e agenesia do dente 22. Após a análise clínica e a partir de exames radiográficos, é que se pode detectar qual o tratamento mais adequado. Segundo Mcdonald & Avery (2001), em 97 % das crianças, a formação do pré-molar pode ser detectada radiograficamente aos 5,5 anos de idade e a do incisivo lateral aos 3,5 anos de idade. Diante disso, há uma abordagem das vantagens e desvantagens, indicações e contra indicações, assim como os fatores que definirão o tratamento, optando-se pelo tratamento ortodôntico, fechamento do espaço através de implante e correção do dente por facetas. Diante da preocupação em se obter um melhor resultado todas as possibilidades de reabilitação do sorriso e da autoestima do paciente devem ser avaliados.



Download Monografia